quarta-feira, 9 de setembro de 2015

ATIVIDADES DE INTERPRETAÇÃO - RECONHECER O SENTIDO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES NO TEXTO- RECONHECER USO DECORRENTE DE USO DE PONTUAÇÃO - 7° ANO

TEXTO

 Infância

 Meu pai montava a cavalo, ia para o campo.
 Minha mãe ficava sentada cosendo.
 Meu irmão pequeno dormia.
 Eu sozinho menino entre mangueiras
 lia a história de Robinson Crusoé
 Comprida história que não acaba mais.
 No meio-dia branco de luz uma voz que aprendeu
 a ninar nos longes da senzala — e nunca se esqueceu
 chamava para o café.
 Café preto que nem a preta velha
 café gostoso
 café bom.
 Minha mãe ficava sentada cosendo
 Olhando para mim:
—Psiu... Não acorde o menino.
 Para o berço onde pousou um mosquito.
 E dava um suspiro... que fundo!
 Lá longe meu pai campeava
 No mato sem fim da fazenda.
 E eu não sabia que minha história
 Era mais bonita que a de Robinson Crusoé.
            (Andrade, Carlos Drummond de. “A família que me dei”. In Antologia Poética. 13a ed. São Paulo, Abril Cultural, 1982.)

Após a leitura atenta do Texto resolva os itens.

1- Em que estrofe ou estrofes do poema Infância, a lembrança do passado é sugerida por meio de sentidos como a visão, o olfato, o paladar e a audição?

A) Apenas na 1ª estrofe.
B) Estrofes 02 e 03.
C) Estrofes 04 e 05.
 D) Apenas na 2ª estrofe.

2- No texto, há uma predominância do uso das formas verbais no pretérito imperfeito do indicativo. Isso se justifica pela seguinte afirmativa:

A) Por se tratar de ação já concluída.
B) Porque as ações foram realizadas antes de uma ação também ocorrida no   passado.
C) Porque o verbo indica uma ação passada que se repetia habitualmente.
D) Por expressar uma incerteza a respeito de fatos ocorridos.

3- Qual é a finalidade do uso do travessão na terceira estrofe do poema Infância, de Carlos Drummond de Andrade?

A) Separar uma enumeração.
B) Explicar algo já dito anteriormente.
C) Colocar em destaque uma ideia.
D) Introduzir o discurso direto.

4- Marque a alternativa em que há adjetivo empregado no mesmo grau que bonita no verso “Era mais bonita que a de Robinson Crusoé” (verso 21).

A) Meu irmão era menor que eu.
B) O meu pai era o mais velho da fazenda.
C) Minha mãe suspirava mais do que eu.
D) A fazenda do meu pai era maior do que as dos vizinhos.


GABARITO
1 (D)  2(C)  3(D)  4(D)



Nenhum comentário:

Postar um comentário