Anúncio

domingo, 31 de janeiro de 2016

ATIVIDADES DE GRAMÁTICA- LOCUÇÃO ADJETIVA - 6° ANO

ATIVIDADES COM LOCUÇÃO ADJETIVA
1- Aponte a alternativa incorreta quanto à correspondência entre a locução adjetiva e o adjetivo: 
a) glacial (de gelo); ósseo (de osso)
b) fraternal (de irmão); argênteo (de prata)
c) farináceo (de farinha); pétreo (de pedra)
d) viperino (de vespa); ocular (de olho)
e) ebúrneo (de marfim); insípida (sem sabor)
R-D

2- Estabeleça a correspondência adequada, levando em consideração os adjetivos destacados na primeira coluna e as locuções adjetivas, expressas na segunda:
(A) “ A chuva, em gotas glaciais,
Chora monotonamente” (Manuel Bandeira) 
(B) “(...) a criancinha é um boneca de olhos cerúleos, mas já careca, que atende pelo nome de Rosinha(...)” (Paulo Mendes Campos)
(C) “No céu plúmbeo
a Lua baça
Paira(...)” (Manuel Bandeira)
(D) “Não havia uma flor nas roseiras desertas,
e esse riso estival dos púrpuros  gerânios(...)” (Manuel Bandeira)
(  ) de verão
(  ) da cor do céu
(  ) de gelo
(  ) de chumbo
 R: D-B-A-C

3- Os acordos ----------- dispensam interpretações de natureza ----------------  
a).lusos-brasileiros – filosófico-científica
b) lusos-brasileiros – filosófica-científicas
c) luso-brasileiros – filosófico-científica
d) lusos-brasileiros – filosófica-científica
e) luso-brasileiros – filosófica-científicas
 R-C  

 4- Faça como no modelo:
a    Dores no estômago – dores estomacais
b) Instinto de irmão –
c) Campo da audição –
d) Olhar de gato –
e) Armamentos de guerra –
f) Faixa de idade –
g) Toque de mestre –
h) Protetor de orelha –
i) Grupo de professores –
j) Doença no pulmão –
k) Carências de proteína –
R:  
b – instinto fraternal
c – campo auditivo
d – olhar felino
e – armamentos bélicos
f – faixa etária
g – toque magistral
h – protetor auricular
i – grupo de docentes
j – doença pulmonar
k – carências proteicas. 
brasilescola.

ATIVIDADES DE GRAMÁTICA - GRAU DOS ADJETIVOS - 6° ANO

ATIVIDADES SOBRE GRAU DOS ADJETIVOS
    
1) Assinale a frase em que há um adjetivo no grau comparativo:
(A) Cristina é a mais estudiosa de minhas alunas.
(B) Joaquim é excessivamente tímido.
(C) Mário é mais esforçado que Manuel.
(D) Roberto é o menos estudioso dos meus irmãos.
(E) Minhas provas foram facílimas.

2) Determine o grau dos  adjetivos, relacionando a chave abaixo com os exemplos que seguem; depois, assinale a numeração encontrada:

Comparativo de inferioridade.
Comparativo de superioridade analítico.
Comparativo de superioridade sintético.
Superlativo absoluto analítico.
Superlativo absoluto sintético.
Superlativo relativo de inferioridade.

(   ) Não aprecio as pessoas excessivamente delicadas.
(   ) Este carro é menos confortável que aquele.
(   ) As crianças são mais imprudentes que os adultos.
(   ) Este tecido é melhor que o outro.
(   ) Ele era o menos falante de todos.
(   ) O mar estava agitadíssimo.
(A)  2 – 1 – 4 – 3 – 1 – 5
(B)   4 – 6 – 2 – 3 – 6 – 5
(C)  5 – 1 – 2 – 2 – 6 – 5
(D)  5 – 2 – 2 – 3 – 6 – 5
(E)   4 – 1 – 2 – 3 – 6 – 5


3) Reconheça, entre os trechos abaixo, um adjetivo no grau superlativo relativo de superioridade.
(A)  “Evidentemente, ela estava um pouquinho encabulada”.
(B)   “Agora você pode fazer de mim a mais feliz de todas as mulheres”,
(C)  “Por que é que você nunca me deu a menor bola?”
(D)  “Bom, é melhor não falar”.
(E)   “... mas tão alegre que inundava toda a rua de felicidade.”

4) No trecho: “Os jovens estão mais ágeis que seus pais”, temos:
(A) superlativo relativo de superioridade.
(B) comparativo de superioridade.
(C) superlativo absoluto.
(D) comparativo de igualdade.
(E) superlativo analítico de ágil.

5) Determine o grau dos adjetivos, relacionando a chave abaixo com os exemplos que seguem: depois, assinale a numeração encontrada:
Comparativo de superioridade analítico.
Comparativo de superioridade sintético.
Comparativo de inferioridade.
Superlativo absoluto sintético.
Superlativo absoluto analítico.
Superlativo relativo de inferioridade.

(   ) Este projeto é maior que o outro.
(   ) Rui era o menos aplicado de todos.
(   ) A tarde era agradabilíssima.
(   ) A vida é mais agradável no campo que na cidade.
(   ) Admiro as pessoas muito educadas.
(   ) Esse quadro é menos interessante que aquele.

(A) 2 – 4 – 6 – 5 – 1 – 3
(B) 6 – 2 – 4 – 3 – 5 – 1
(C) 2 – 4 – 5 – 6 – 1 – 3
(D) 3 – 4 – 5 – 1 – 6 – 2
(E)  2 – 6 – 4 – 1 – 5 – 3

6) Assinale a alternativa em que o adjetivo não está no grau comparativo:
(A) Ele parecia o mais tímido de todos.
(B) Dizem que ele é forte como um touro.
(C) Os filhos já estavam maiores que o pai.
(D) As candidatas eram mais bonitas que as de hoje.


7) Assinale o item em que há uma locução adjetiva
(A) Esta é a torneira de água fria.
(B) Ele é um homem corajoso.
(C) Este quadro é muito feio.
(D) A bicicleta dela é inglesa.
(E) Achei um lápis azul.

8) Assinale a alternativa que apresenta o adjetivo no grau superlativo absoluto analítico:
(A) Heleninha é amabilíssima.
(B) José é o menos inteligente da classe.
(C) Adoro as crianças bastante carinhosas.
(D) “Hoje, eu quero a rosa mais linda que houver...”

9) Nas orações “Este livro é melhor do que aquele” “Este livro é mais lindo que aquele”, há os graus comparativos:
(A) de superioridade, respectivamente sintético e analítico.
(B) de superioridade, ambos analíticos.
(C) de superioridade, ambos sintéticos.
(D) relativos.
(E) superlativos.

10) Assinale a opção em que a locução destacada tem valor adjetivo:
(A) “Comprei móveis e objetos diversos que entrei a utiliza-los com receio.”
(B) “Azevedo Gondim compôs sobre ela dois artigos.”
(C) “Pediu-me com voz baixa cinquenta mil-réis.”
(D) “Expliquei em resumo a prensa, o dínamo, as serras...”
(E) “Resolvi abrir o olho para que vizinhos sem escrúpulos não se apoderassem do que era delas.”

11) Assinale a opção em que a locução destacada tem valor adjetivo:
(A) “um drapejado disfarçando a barriga sem cinta.”
(B) “depois de cumprimentar com a cara fechada aos da casa.”
(C) “estava ela posta à cabeceira.”
(D) “olharam a aniversariante de modo mais oficial.”
(E) “alguns abanaram a cabeça em admiração.”

12) Qual palavra ou expressão grifada que não tem valor adjetivo:
(A) “Vontade de mudar as cores do vestido tão feias”.
(B) “De minha pátria, de minha pátria sem sapatos”.
(C) “Vi minha humilde morte cara a cara”.
(D) “Fiquei simples, sem fontes”.
(E) “Em longas lágrimas amargas”.

13) Assinale o superlativo relativo
(A) Foi o entardecer mais triste daquele inverno.
(B) Foi um entardecer mais triste do que os outros.
(C) Foi um entardecer muito triste.
(D) Foi um entardecer tão triste quanto os outros.

14) “Pior que posar para o Aroldo Nei.” O adjetivo destacado está no grau:
(A) comparativo de inferioridade.
(B) superlativo relativo de inferioridade.
(C) superlativo absoluto sintético.
(D) normal.
(E) comparativo de superioridade.

15) “Por favor, passe ______ caneta que está aí perto de você; _____ aqui não serve para _____ desenhar.”

(A) aquela – esta – mim
(B)  esta – esta – mim
(C) essa – esta – eu
(D) essa – essa – mim
(E) aquela – essa – eu

16) Indique a frase em que há o emprego do pronome adjetivo.
(A)Tudo foi por água abaixo.
(B) O que disseste é errado.
(C) Ninguém aceitou aquela proposta.
(D) Não, li somente aquela.

17) Em todas as alternativas, a expressão destacada pode ser substituída pelo pronome lhe, exceto em:
(A) Tu dirás à Cecília que Peri partiu.
(B) Cecília viu perto a Isabel.
(C) Cecília recomendou a Peri que estivesse quieto.
(D) Peri prometeu a Dom Antônio levar-te à irmã.

18) “Cada qual, livremente, faz o seu próprio preço”. “Alto ou baixo, taxa-se, pois, livre ou escravo: isto depende de ti”. As palavras grifadas são, respectivamente, locução e pronomes:
(A) adjetiva: possessivo e demonstrativo.
(B) conjuntiva: pessoal e demonstrativo.
(C) prepositiva: demonstrativo e possessivo.
(D) pronominal: possessivo e demonstrativo.

19) Nos versos:
“Dizem que a fonte da serra / que cai da penha no chão / é pranto mudo da terra / que Deus transforma em canção.”
Quantos pronomes relativos existem?
(A) 4
(B) 3
(C) 2
(D) 1

20) Em que caso o pronome NÃO está classificado corretamente?
(A) Meu coração está triste (pronome possessivo)
(B) Alguém me viu (pronome indefinido)
(C) Este livro é o dele (pronome demonstrativo)
(D) Ele correu da polícia (pronome pessoal reto)
(E) Vários alunos não vieram (pronome relativo)
Aposta concurso

Gabarito:
1. C
2. E
3. B
4. B
5. E
6. A
7. A
8. C
9. A
10. E
11. A
12. C
13. A
14. E
15. C
16. C
17. B
18. D
19. C
20. E


ATIVIDADES DE GRAMÁTICA - ADJETIVOS - 6° ANO

ATIVIDADES- ADJETIVOS
1- Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos adjetivos destacados nas frases:
I. Carolina comprou para a mãe um vestido amarelo-claro.
II. Ele estava feliz porque foi aprovado no vestibular.
III. A torcida transbordou felicidade pela conquista do título.
IV.O mineiro Carlos Drummond de Andrade é considerado um dos
maiores poetas brasileiros.
V. A menina bonita colocou um laço de fita no cabelo e foi para a escola.

a) biforme, pátrio, derivado, primitivo e composto.
b) primitivo, composto, biforme, pátrio e derivado.
c) composto, primitivo, derivado, pátrio e biforme.
d) composto, derivado, primitivo, pátrio e biforme.

R - C
2- Assinale a sequência correta em relação aos tipos de adjetivos e suas definições:
I. Adjetivos formados por apenas um radical.
II. Adjetivos formados por dois ou mais radicais.
III. Adjetivos que não são derivados de outra palavra em língua portuguesa.
IV. Adjetivos formados a partir de outros substantivos ou verbos.
V. Adjetivos que se referem à origem ou nacionalidade do substantivo.
(  ) pátrios
(  ) primitivos
(  ) compostos
(  ) derivados
(  ) simples
a) II, III, V, IV e I
b) V, IV, III, III e I
c) I, III, IV, II e V
d) V, III, II, IV e I
R – D

4- Assinale a oração em que o termo cego(s) é um adjetivo:
a) Os cegos habitantes de um mundo esquemático, sabem onde ir...
b) O cego de Ipanema representava naquele momento todas as alegorias da noite escura da alma…
c) Todos os cálculos do cego se desfaziam na turbulência do álcool.
d) Naquele instante era só um pobre cego.
e) ... da Terra que é um globo cego girando no caos.
R- E
.mundoeducacao

PORTUGUÊS -GRAMÁTICA- FLEXÃO DOS ADJETIVOS - 6°ANO

FLEXÃO DOS ADJETIVOS

O adjetivo varia em gênero, número e grau.

Gênero dos Adjetivos

Os adjetivos concordam com o substantivo a que se referem (masculino e feminino).

Biformes - têm duas formas, sendo uma para o masculino e outra para o feminino. Por exemplo: bonito e bonita, mau e má, judeu e judia.

Uniformes - têm uma só forma tanto para o masculino como para o feminino.  Por exemplo: moço alegre e moça alegre.

Se o adjetivo é composto e biforme, ele flexiona no feminino somente o último elemento. Por exemplo: o cidadão norte-americano, a cidadã norte-americana.



Se o adjetivo é composto e uniforme, fica invariável.
Por exemplo: problema político-social e situação político-social.

  
Número dos Adjetivos

Quando falamos em número, estamos falando do Plural dos adjetivos.

Os adjetivos simples flexionam-se no plural de acordo com as regras estabelecidas para a flexão numérica dos substantivos simples.
Exemplo:
             mau e maus
             inteligente e inteligentes
             inferior e inferiores

Os adjetivos compostos fazem o plural com variação apenas doúltimo elemento. Exemplo: ternos castanho-escuros, políticos social-democratas, tecidos amarelo-esverdeados.

Adjetivos compostos indicadores de cor não variam quando um dos elementos é substantivo. Exemplo: cabelos amarelo-ouro, saias cor-de-rosa.

Os adjetivos compostos azul-marinho, azul-celeste, furta-cor esem-sal não variam. Exemplo: camisas azul-marinho, saias azul-celeste, estórias sem-sal.

Grau do Adjetivo

O grau de um adjetivo pode ser flexionado em três níveis: normal, comparativo e superlativo.

Grau normal
No grau normal, o adjetivo caracteriza um ou mais seres, sem indicar intensidade. Exemplos:

          Minha irmã é inteligente.
          O sapato é preto.
          Eles são atenciosos.

Grau comparativo
No grau comparativo é feita a comparação da mesma característica em dois ou mais seres ou de duas ou mais características do mesmo ser. Podem ser de inferioridade, igualdade e superioridade.

a) Comparativo de inferioridade:
           Maria é menos inteligente que (ou do que) João.
           A sacola é menos pesada que (ou do que) a mala.

b) Grau comparativo de igualdade:
           Maria é tão esperta como Alice.
           Ciências é tão importante quanto história.
           Pedro é tão decidido quão teimoso.

c) Grau comparativo de superioridade
          Julio é mais atencioso que Rodrigo.
          O lápis é mais comprido do que a borracha.

Atenção!
Alguns adjetivos formam o grau comparativo de superioridade de modo irregular, com formas sintéticas.

(mais) grande = maior
(mais) bom = melhor
(mais) mau = pior
 (mais ) pequeno = menor

Grau superlativo
No grau superlativo é feita a caracterização de um ou mais seres, atribuindo qualidades em grau muito elevado ou em maior ou menor grau que os demais seres.

Grau superlativo relativo
O grau superlativo relativo caracteriza um ou mais seres em maior ou menor grau que os demais seres.

a) Grau superlativo relativo de inferioridade
           João é o menos esperto da turma.
           Maria é a menos agitada das amigas.

b) Grau superlativo relativo de superioridade
            Alice é a pessoa mais educada deste mundo!
            Meu primo é o mais rápido dos nadadores.



Grau superlativo absoluto
O grau superlativo absoluto caracteriza um ou mais seres, atribuindo qualidades em grau muito elevado.

a) Grau superlativo absoluto analítico
Usa-se uma palavra intensificadora (muito; extremamente; excessivamente; imensamente) + adjetivo
                O bolo é muito doce.
                A prova foi extremamente difícil.
                O professor é imensamente bom.

b) Grau superlativo absoluto sintético
Usa-se o adjetivo + sufixo (-íssimo; -imo; - ílimo; -érrimo)
              O bolo é dulcíssimo.
              A prova foi dificílima.
              O professor é boníssimo.


Sala de Língua Portuguesa

PORTUGUÊS - GRAMÁTICA - ADJETIVO - 6° ANO

PORTUGUÊS – ADJETIVO – 6° ANO


Segundo Luiz Antonio Sacconi, ADJETIVO “é toda e qualquer palavra que, junto de um substantivo, indica qualidade, defeito, estado ou condição.”

Exemplos:
Este homem esperto ganhou a corrida.
A casa suja atrai insetos.
A moça feliz recebeu elogios.

Não podemos confundir
ADJETIVOS com SUBSTANTIVOS ABSTRATOS.

Veja por exemplo a palavra inteligência, que embora expresse uma qualidade não faz sentido dizermos: homem inteligência, moça inteligência.
Inteligência, portanto, não é adjetivo, mas substantivo.
Inteligente é adjetivo.

Morfossintaxe do Adjetivo:
O adjetivo exerce sempre funções sintáticas relativas aos substantivos, atuando como adjunto adnominal ou como predicativo (do sujeito ou do objeto).
Exemplo: Aquele homem é inteligente.
                          Predicativo do sujeito, ou seja, a característica
                                 pertence ao sujeito da frase: Aquele homem.

Aquele homem tem um filho inteligente.
                       Predicativo do objeto, ou seja, a característica
                                 pertence ao objeto do verbo: um filho.

Tipos de adjetivos

O adjetivo pode ser:
a) uniforme: possui uma só forma para os dois gêneros.
Exemplo:
homem alegre, mulher alegre;
homem inteligente, mulher inteligente.

b) biforme: possui uma forma para cada gênero.
Exemplo:
homem mau, mulher ;
homem esperto, mulher esperta.

c) simples: é constituído de um só radical.
Exemplo:
Blusa vermelha, roupa clara

d) composto: é constituído de mais de um radical.
Exemplo:
cinto vermelho-claro

Sala de Língua Portuguesa



domingo, 24 de janeiro de 2016

ATIVIDADES DE GRAMÁTICA - ADJETIVOS - 6° ANO

Adjetivos

1. Assinale a alternativa em que o adjetivo que qualifica o substantivo seja explicativo:

a) dia chuvoso;
b) água morna;
c) moça bonita;
d) fogo quente;
e) lua cheia.


2. Assinale a alternativa que contém o grupo de adjetivos gentílicos, relativos a “Japão”, “Três Corações” e “Moscou”:

a) Oriental, Tricardíaco, Moscovita;
b) Nipônico,Tricordiano, Soviético;
c) Japonês, Trêscoraçoense, Moscovita;
d) Nipônico, Tricordiano, Moscovita;
e) Oriental, Tricardíaco, Soviético.


3. Ainda sobre os adjetivos gentílicos, diz-se que quem nasce em “Lima”, “Buenos Aires” e “Jerusalém” é:

a) Limalho-Portenho-Jerusalense;
b) Limenho-Bonaerense-Hierosolimita;
c) Límio-Portenho-Jerusalita;
d) Limenho-Bonaerense-Jerusalita;
e) Limeiro-Bonaerense-Judeu;


4.No trecho “os jovens estão mais ágeis que seus pais”, temos:

a) um superlativo relativo de superioridade;
b) um comparativo de superioridade;
c) um superlativo absoluto;
d) um comparativo de igualdade.
e) um superlativo analítico de ágil.


5. Relacione a 1ª coluna à 2ª:

1 - água de chuva (  ) Fluvial
2 - olho de gato (  ) Angelical
3 - água de rio (  ) Felino
4 - Cara-de-anjo (  ) Pluvial


Assim temos:

a) 1 – 4 – 2 – 3;
b) 3 – 2 – 1 – 4;
c) 3 – 1 – 2 – 4;
d) 3 – 4 – 2 – 1;
e) 4 – 3 – 1 – 2.


6. Nas orações “Esse livro é melhor que aquele” e “Este livro é mais lindo que aquele”, Há os graus comparativos:

a) de superioridade, respectivamente sintético e analítico;
b) de superioridade, ambos analíticos;
c) de superioridade, ambos sintéticos;
d) relativos;
e) superlativos.


7. Selecione a alternativa que completa corretamente as lacunas da frase apresentada:
“Os acidentados foram encaminhados a diferentes clínicas ____________________” .

a) médicas-cirúrgicas;
b) médica-cirúrgicas;
c) médico-cirúrgicas;
d) médicos-cirúrgicas;
e) médica-cirúrgicos.


8. Sabe-se que a posição do adjetivo, em relação ao substantivo, pode ou não mudar o sentido do enunciado. Assim, nas frases “Ele é um homem pobre” e “Ele é um pobre homem”.

a) 1ª fala de um sem recursos materiais; a 2ª fala de um homem infeliz;
b) a 1ª fala de um homem infeliz; a 2ª fala de um homem sem recursos materiais;
c) em ambos os casos, o homem é apenas infeliz, sem fazer referência a questões materiais;
d) em ambos os casos o homem é apenas desprovido de recursos;
e) o homem é infeliz e desprovido de recursos materiais, em ambas.


9.O item em que a locução adjetiva não corresponde ao adjetivo dado é:

a) hibernal - de inverno;
b) filatélico - de folhas;
c) discente - de alunos;
d) docente - de professor;
e) onírico - de sonho.


10. Assinale a alternativa em que todos os adjetivos têm uma só forma para os dois gêneros:

a) andaluz, hindu, comum;
b) europeu, cortês, feliz;
c) fofo, incolor, cru;
d) superior, agrícola, namorador;
e) exemplar, fácil, simples.


GABARITO

1. D
2. D
3. B
4. B
5. D
6. A
7. C
8. A
9. B
10. E

portuguesconcurso.com